terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Dança do Ventre - A Dança com Véu

Hoje falarei um pouco sobre a dança com véu. Primeiramente temos que acrescentar que o véu não é originário do Egito, ele foi implantado  na América.

As bailarinas antigas usavam um véu parecido com um echarpe, mas não usam muitos movimentos, a bailarina Michelli Nahid trouxe uma releitura desse véu só que mais longo, e fazendo movimentos com amarrações e etc... o nome desse véu é tawil para quem quiser pesquisar mais.


Voltando para o véu simples, existem vários tipos de tecidos que pode ser confeccionado, o mais famoso é o véu de seda, pois o tecido faz com que os movimentos fiquem bem leves e delicados. Mas não é uma regra, tudo depende da habilidade da bailarina para manusear tamanhos e pesos diferentes.
O tamanho também pode variar bastante junto com as cores!

Visão Técnica

"O véu tem que ser uma extensão da bailarina"; essa é a frase mais dita quando o assunto é véu, mas por que? O véu tem que passar uma leveza gostosa para o público, ele nunca pode parecer que está pesado, sabe?
 Mas para conseguir essa leveza demora um tempo, o segredo do véu bonito é a intimidade e a segurança da bailarina para com o véu, essa intimidade resulta na harmonia lindíssima que vemos em uma dança bem executada.

Quanto a nomenclatura e a execução dos movimentos, cada professora tem a sua forma de ensinar.

Então, o segredo e treinar!!!

Abaixo, vamos ver 3 sequências que podem servir de base para outras criações, use a imaginação!!!






Nenhum comentário:

Postar um comentário