sábado, 25 de outubro de 2014

Dança do Ventre - Braços e Mãos


Quando se fala em dança do ventre, já pensamos em quadril e em todos os seus movimentos elaborados.

Mas não podemos esquecer que somos um todo e para que a dança fique bonita, agradável e harmoniosa usamos todas as partes do nosso corpo de maneira fluida e consciente.

Se analisarmos o princípio da dança veremos que os movimentos de braços eram bem simples ou quase não existiam, serviam mais como moldura para o corpo. O foco era nitidamente o quadril!

Com o passar dos anos, a dança tomou um rumo mais elaborado, as bailarinas cada vez mais aprimoram sua dança em todos os sentidos. Nos tempos atuais já temos uma ideia totalmente técnica buscando a base no Balé Clássico.

Assim os movimentos de mãos e braços ficam cada vez mais importantes e presentes na dança.

Visão Técnica:


Os braços bem colocados auxiliam na postura, dão uma sustentação para o corpo todo. É  como se os braços segurassem toda a parte do peito e tirasse o “peso” do quadril, facilitando os movimentos.
Também podemos trabalhar a nossa noção de espaço, como dançar em ambientes pequenos e grandes sem interferir na qualidade da dança.

A expressão:

O público capta as nossas emoções não só pelo rosto, mas sim por todo o corpo; e os braços são indispensáveis para essa comunicação.
Podemos através dos braços e mãos contar uma história ou simplesmente acrescentar um charme!!!
As músicas lentas  podem ser lidas e interpretadas, conseguindo passar para o público a emoção do movimento. O mesmo se aplica aos movimentos fortes, contagiando e envolvendo a todos.

Na minha visão os braços são puro sentimento e comunicação, explore mais esse lado lindo da nossa dança e veja como é vasta a quantidade de movimentos e sentimentos que podemos passar durante uma dança!!!



Anatomia:






Imagens retiradas do site: www.auladeanatomia.com e www.treinonet

Nenhum comentário:

Postar um comentário